segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Na Ponta da Agulha


Em tempos que o mp3 impera no universo da música pela praticidade e facilidade de ouvir onde, como e quando temos vontade, bem como o CD está perdendo mercado por piorar a qualidade da música e empobrecer a capa e o encarte do álbum, estamos redescobrindo o que é ouvir um vinil.
O ato de tirar da capa, colocar no toca-discos, posicionar a agulha, ouvir dos dois lados, além de limpar os vinis e admirar as capas de álbuns de bandas consagradas, está voltando entre jovens e adultos na faixa de 20 à 50 anos.
O prazer está justamente em ouvir o disco inteiro, pois é nesse momento que entendemos a unidade do álbum, reflexo de um momento e época pela qual passava o artista ou banda. Os grandes álbuns foram especiais não só pelas grandes músicas, mas pela coesão, pela história contada e por catalisar momentos, experiências e transformações.
O mp3 simplificou muito as coisas: levamos no celular ou no player, copia em segundos (lembra como era gravar as fitas cassete?) e, principalmente, facilita o acesso a álbuns fora de catálogo, especialmente nesse nosso Brasil onde é muito difícil e caro conseguir determinados títulos. Porém, essa facilidade é perigosa quando banaliza a qualidade da música e o ato de ouvi-la com atenção. Gastar um tempo ouvindo aqueles considerados álbuns históricos é poder desfrutar de um momento onde a inventividade e o gênio humano foram iluminados e deixaram um legado capaz de resistir ao tempo.
Nos tempos atuais do sucesso rápido e esquecimento instantâneo, a sensação que se tem é de que a criatividade ou a vontade das gravadoras de incentivá-la anda em baixa, e cada vez  mais as pessoas estão  sendo embebidas por "músicas da moda".
Uma boa chance para resgatar esse prazer de explorar um álbum por completo, de sentir o aroma dos vinis, são as novas edições de álbuns famosos de bandas magníficas, além é claro dos álbuns antigos encontrados em sebos e vendedores de vinil.
Foi pensando nisso que a Hi-Fi Sebo, a loja virtual LadoA Discos e o blog De volta para o Vinil resolveram criar o "Na Ponta da Agulha". Um encontro para fãs, colecionadores, compradores e vendedores de vinil. Nesse encontro você vai poder ouvir uma boa música, conversar, trocar conhecimentos, comprar aquele vinil difícil de encontrar e fazer novas amizades.

O primeiro encontro será ainda nesse mês, aguardem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário