sábado, 27 de julho de 2013

Projeto 3 Clipes e 1 Curta

Essa semana, tive a honra de ser convidado pelo meu amigo Lucas Fernandes para assistir a estreia do projeto de animação 3 Curtas e 1 Clipe.
Vou explicar brevemente no que consiste esse projeto do estúdio curitibano Cia. de Canalhas, com base em informações do site oficial http://www.3clipes1curta.com.br/.
Foto: http://3clipes1curta.com.br/
Primeiramente, é bom esclarecer que o Cia. de Canalhas é um estúdio visual voltado ao meio musical, tendo como objetivo produzir cartazes, capas de discos, videos, videoclipes, websites, ilustrações, cenografia, figurino, fotografia, produção,entre outros elementos bem conhecidos do universo da música.
Nesse ínterim, a produtora executiva Marcia Kohatsu (centro), e os diretores e Lucas Fernandes (à esq.) e Carlon Hardt, lançaram o projeto 3 Clipes e 1 Curta que consiste em três videoclipes, de três artistas diferentes, produzidos em diferentes técnicas de animação, que juntos formam um curta-metragem.
Foto: Gazeta do Povo
As músicas escolhidas para o projeto foram "A Casa é Sua", sucesso recente de Arnaldo Antunes, "Pra Não Esquecer", parceria de Fernanda Takai com Andy Summers (The Police) e "Bola de Meia, Bola de Gude", clássico de Milton Nascimento.
Viabilizado pela Lei Rouanet, parte do trabalho foi feita ao modo das produções anteriores. Com três músicas diferentes em mãos, com autorização e o apoio dos artistas, os diretores Lucas Fernandes e Carlon Hardt escolheram técnicas animação que combinavam com o estilo de cada uma.
Segundo o site oficial. os clipes podem ser assistidos na ordem em que se desejar (ou em várias delas), cada clipe foi produzido utilizando diferentes técnicas de animação: stopmotion, rotoscopia e 2d tradicional. A ligação entre as histórias em 3 Clipes – 1 Curta fica por conta de elementos comuns aos três roteiros. É como a união de três olhares diferentes sobre o mesmo tema. Ao final, quem é quem nessa trama, o que veio antes, o que veio depois e o porquê de muitas coisas ficam à cargo do espectador interpretar. 

Foto: http://3clipes1curta.com.br/
Na matéria para a Gazeta do Povo, Hardt explica “Quisemos escolher estilos diferentes desde o início do projeto para não limitá-lo a ser um projeto de rock ou de MPB”... “O estilo dos clipes foi consequência de cada escolha”.
Fernandes ainda ressalta “Fizemos o roteiro de uma forma em que não tivéssemos primeira, segunda ou terceira parte. Queremos que as pessoas assistam na ordem que quiserem e entendam a história da maneira que quiserem”. Hardt complementa “São três fragmentos, três olhares sobre um mesmo tema, três recortes da vida de um mesmo personagem”.

Foto: http://3clipes1curta.com.br/

Ainda na matéria da Gazeta os diretores contam ter ouvido interpretações diferentes sobre o curta – do romance ao além-túmulo. “O interessante é que algumas pessoas, depois de assistir, falaram: a história é essa. Mas, quando contaram para a gente, não contaram na ordem que viram”.
Enfim, é um projeto muito interessante que envolve música e animação, com uma produção excelente e impecável, que mostra que ainda tem pessoas preocupadas em pensar, produzir, divulgar e trabalhar com músicas nacionais de qualidade de artistas renomados da MPB. 

Foto: http://3clipes1curta.com.br/
A estreia da animação poderá ser assistida a partir do dia 30, quando será lançado o 3 Clipes – 1 Curta, que une videoclipes produzidos pelo estúdio para canções de Milton Nascimento, Arnaldo Antunes e Fernanda Takai . O resultado também será disponibilizado no YouTube e seguirá para festivais de cinema. Em breve, faremos outra matéria com a cobertura do evento.
Também vou aproveitar a oportunidade para agradecer à Lucas Fernandes, primeiramente pelo convite e também por ter autorizado a divulgação do projeto no devoltaparaovinil.

Confira os vídeos do making-off e as reportagens no site http://www.3clipes1curta.com.br/ e curtam a página no facebook.
Assista a matéria da RPC TV.

O filme é uma realização do estúdio visual especializado em produzir materiais para o meio musical Cia de Canalhas. Teve como responsável pela captação integral do projeto a empresa Sunset Cultural e tem patrocínio integral da Tradener – Comercialização de Energia. A produção é assinada por Marcia Kohatsu e os três clipes têm a direção de Carlon Hardt e Lucas Fernandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário