quinta-feira, 17 de julho de 2014

A Mansão de Vinis de Brad Miocevich

Não foi há muito tempo que trocamos nossas velhas fitas k-7 por CDs, e até mesmo, mais recentemente, nossos preciosos álbuns ganharam o formato mp3 e se tornaram mais acessíveis. No entanto, o inconfundível “revival” que surgiu nos últimos anos veio pegando carona no ressurgimento da cultura Vintage. Desde então, muitos jovens têm mergulhado nas profundezas empoeiradas da garagem da família, em busca das coleções de vinis dos pais. Na inexistência das coleções, os novos colecionadores começam a busca pelos álbuns favoritos em sebos, feiras e na internet.
No entanto, por mais que eles e nós, colecionadores há mais tempo, consigamos uma grande coleção de vinis, jamais chegaremos perto de Brad Miocevich, pois já em 2005, este aficionado da música comprou uma espantosa quantidade de 30.000 LPs  da estação de rádio na Autrália, quando a estação de rádio vendeu parte de sua enorme biblioteca, a fim de mudar de Adelaide Terrace, para novas instalações em East Perth. "Eu me lembro de pensar 'O que eu fiz?' Ele foi muito maior do que eu esperava", explicou Miocevich em uma entrevista no ar com 720 ABC.

http://www.factmag.com

Porém, o ápice da incrível façanha do Sr. Miocevich não foi somente a compra da imensa coleção de vinis e sim a conclusão de um imóvel com painéis de vidro de três andares dedicados à habitação e exibição desta biblioteca formidável.
A biblioteca significou a construção de um castelo de vidro e aço, mas para caber tudo inicialmente, os projetos de Miocevich para sua biblioteca de vinil, não cumpriram as especificações de aplicação do Conselho Heritage. Depois de o primeiro projeto ser rejeitado, "a caminho de uma reunião com os arquitetos para um re-design", explica ele, "passamos por um bloco vago em South Perth e pensamos '... por que não podemos simplesmente começar a partir do zero e vamos construir exatamente o que queremos? '".
Concluído no final de 2013, a estrutura de três andares resultante contém 300 metros de prateleiras em torno de paredes de concreto 150 milímetros de espessura, com mezaninos e escadas em espiral modelado conforme a Biblioteca Estadual de Perth que, "como uma criança realmente me inspirou", diz Miocevich.

http://www.factmag.com
Foi necessário a colocação das prateleiras de arquivo reforçadas com aço pois são "oito toneladas e meia de vinil para seis toneladas de prateleiras de vidro e três toneladas de aço", levou "cerca de quatro meses", estima o residente de Perth, mesmo com a ajuda combinada de sua família, filhos e amigos.
Você poderia imaginar que a catalogação de 30.000 LPs era um pesadelo também. "Certamente foi," Miocevich brinca na 720 ABC, com a coleção "lindamente remontada em três sistemas próprios de catalogação da categorização por faixa, por álbum e do artista ou banda".
Os vinis são estocados em grandes categorias como lendas britânicas (Bowie, Beatles, Stones, Joe Cocker), Aussie heroes (INXS, AC / DC, Australian Crawl), clássicos (Elvis, Everley Brothers, Frankie Valli) e alguns "incrivelmente raros" como as gravações históricas de áudio da coroação da rainha Elizabeth II, o funeral de Winston Churchill e um concerto realizado para o presidente John 'JFK' Kennedy, em 13 de novembro de 1961.
Quanto bibliotecas de vinil, o impressionante arsenal de colecionador de Perth é o dobro dos 15.000 que estão sendo vendidos por uma loja de discos do Reino Unido no eBay no início deste ano, mas ainda precisa ser 100 vezes maior (ou um arranha-céu de 100 andares) para corresponder aos 3 milhões de LPs pertencentes ao residente de Pittsburgh, Paul Mawhinney, que se acredita ser a maior coleção de discos do mundo.
Ouça abaixo a entrevista de Miocevich em 720 ABC Perth Radio.

2 comentários:

  1. Olá Diego,
    Há muito tempo visito teu blog, mas nunca tive coragem de escrever.
    Amo vir aqui e ler seus posts.
    Que acervo maravilhoso fez este Sr. Miovicevich. Adorei a entrevista !!
    E estou aprendendo muito aqui, de como cuidar de meus amados vinis !
    Suas dicas são ótimas, principalmente o post sobre como limpar o vinil .
    Obrigada.
    Lilly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lilly
      Obrigado por ler o blog e entra em contato. Pode mandar suas dúvidas e sugestões para o email também. Fique a vontade.

      Excluir