segunda-feira, 19 de outubro de 2015

De Volta Para o Vinil na Gazeta do Povo - "Toca-discos novos dão dor de cabeça aos fãs de vinil"

Na quarta feira, dia 14/10, tive a honra de receber o convite da jornalista da Gazeta do Povo Carolina Pompeo, para participar de uma matéria a respeito dos destruidores de vinil: os toca-discos de péssima qualidade que danificam os vinis a médio longo prazo.
A entrevista por telefone durou cerca de uma hora, falamos sobre diversos assuntos relacionados ao vinil e aos toca-discos, principalmente sobre os vintage que são ferozmente criticados por diversos colecionadores. O assunto já foi abordado no De Volta Para o Vinil na matéria "Destruidores de vinil: toca-discos que detonam os vinis", matéria que possibilitou o contato com a jornalista.
Num segundo momento produzi algumas fotos para serem inseridas na matéria e em seguida enviei para a Carolina.
Na sexta, dia 16/10, a matéria foi publicada no jornal Gazeta do Povo como vocês podem conferir na íntegra em: "Toca-discos novos dão dor de cabeça aos fãs de vinil".
Foto: Diego Kloss
Como vocês puderam conferir a pauta da matéria surgiu a partir de uma reclamação que o professor e tradutor Miguel Nicolau, de Ponta Grossa, fez a Gazeta do Povo após a compra de uma CTX Classic. No primeiro aparelho o alto-falante de baixíssima potência estourou, no segundo a rotação do motor não suportava o discos de 180g e na terceira o braço veio torto. Enfim, problemas já conhecidos pela maioria dos colecionadores mais experientes, porém desconhecidos por muitos novos e antigos colecionadores.
Fiquei até surpreso que o tema tenha despertado o interesse de um grande e respeitado jornal como a Gazeta do Povo. Assim, aproveito para agradecer a jornalista Carolina Pompeo por ter me cedido espaço para falar um pouco sobre esse tema na tentativa de alertar os consumidores a respeitos dos toca-discos vintage e afins.

O tema demandaria uma grande matéria, afinal vários pontos devem ser analisados antes de adquirir um sistema de áudio analógico. Por isso, recomendo aos leitores do blog a leitura dos artigos da seção Toca-discos que tratam com mais detalhes esse universo do áudio analógico:
Toca-discos 01 - Componentes do sistema de áudio analógico 
Toca-discos 02 - Como regular e nivelar o toca-discos
Toca-discos 03 - Problemas com áudio analógico e possíveis soluções
Toca-discos 04 - Qual toca-discos comprar?

Foto: Diego Kloss
Recomendo também a leitura da matéria sobre os destruidores de vinil: os toca-discos de péssima qualidade que danificam os vinis a médio longo prazo.

Um comentário:

  1. Comprei um toca-discos vintage, paguei os olhos da cara (entre R$ 1000,00 e 1500,00). Botei pra usar, o prato giratorio "assobiava" (problema com a correia provalvelmete). Tambem foi a ultima vez que fiz isso. Tenho dois modelos anos 1980/1990. Os antigos são melhores e a demanda de falta de peças de reposição no mercado nas eletrônicas; peças pra esses aparelhos na maioria importadas! - Marcio Silva de Almeida/Jlle-SC

    ResponderExcluir