segunda-feira, 22 de maio de 2017

Conexões 26 | Neigmar da Lado A Discos entrevista Michele Mabelle

Para a vigésima primeira entrevista na seção Conexões, nosso parceiro Neigmar da Lado A Discos conversou com a cantora, compositora e instrumentista Michele Mabelle.
Michele Mabelle é paulista, mas reside e trabalha na música atualmente em Curitiba. Teve sua base musical na música gospel, estudou musica no conservatório de MPB e escolas particulares.


Está em fase de gravação do seu primeiro EP solo; cantora e instrumentista e fundadora do projeto Rock Calcinha – Duo acústico feminino com cantoras Curitibanas. Cantora compositora e instrumentista na dupla Mi & Fa com o cantor e compositor Fabio Elias e cantora da banda Curitibana Balanacara (Banda autoral de música Country) e Cantora/Vocalista da banda de Rock Michele Mabelle & Os Contents.
Fã de Beatles e Rolling Stonnes, seu estilo suas influências vão do Rock, ao Blues, Folk e Musica Brasileira.

Nei: 1 - Sei pouco sobre sua carreira, comente um pouco sobre ela.
Michele Mabelle: Sou cantora, compositora e instrumentista. Sou paulista resido e trabalho na música atualmente em Curitiba. Tive minha base musical na música gospel, estudei música no Conservatório de MPB e escolas particulares. Canto, componho, toco violão, percussão e me apresento pela cidade de Curitiba e região com meus projetos musicais. Sou fundadora do projeto Rock Calcinha – Duo acústico feminino com cantoras curitibanas. Sou vocalista da banda de rock brasileiro "Mabelle & Os Contents", trabalho no qual venho me dedicando integralmente. Canto e toco percussão no Delta Duo Blues, duo acústico de blues com o bluesman Decio Caetano. Também me apresento sozinha com um show especial onde canto músicas do meu trabalho solo autoral e interpreto grandes cantoras da música brasileira.  Meus últimos trabalhos foram com a dupla Mi & Fa com o cantor e compositor Fabio Elias e como cantora da banda curitibana Balanacara (banda autoral de música country).  Sou fã de Beatles e Rolling Stones, meu estilo e minhas influências vão do rock, ao blues, folk e música brasileira.

Nei: 2 - Do seu trabalho autoral conheço apenas a música "Linha Reta", uma bela canção por sinal, como foi o seu processo de composição?
Michele Mabelle: A música "Linha Reta" é umas das 5 músicas que farão parte do meu primeiro EP, nasceu num momento de inspiração! Compus letra e melodia ao mesmo tempo no violão, ela fala de um amor platônico, daqueles que a gente vive somente na nossa imaginação. Será a música de trabalho do EP que está em fase de produção e gravação em estúdio e promete um resultado maravilhoso pois está sendo gestado há quase 1 ano com muito carinho e amor por parte de todos os envolvidos.


Nei: 3 - E o projeto "Rock Calcinha" como funciona?
Michele Mabelle: #RockCalcinha é um trabalho musical que eu criei com o objetivo de reforçar a presença feminina no cenário rock and roll, quebrar preconceitos e motivar novas gerações, para que tenhamos cada vez mais mulheres neste cenário. Nos apresentamos em formato de duo feminino acústico com releituras do rock, blues e folk em versões femininas bem humoradas e divertidas. evidenciando sempre as mulheres que fizeram história no rock + músicas autorais que envolvem: universo feminino, diversão e protesto com um olhar irônico e bem humorado.
Além das parcerias fixas, criei o #RockCalcinhaConvida onde eu + convidadas especiais da cena autoral da música curitibana tocamos juntas pelos palcos da cidade com o objetivo de unir, incentivar e movimentar o cenário do #RockFeminino, e da música autoral feita por mulheres! Surgiu como um percursor de uma nova cena, de ajuda mútua, sororidade e união. O trabalho já tem 1 ano e meio de duração e conquistou o respeito dos contratantes donos de bares e público, pela qualidade musical e profissionalismo. Neste tempo, já levamos a filosofia do Rock Calcinha para toda Curitiba, Região Metropolitana, interior do Paraná e Santa Catarina e por onde passamos conquistamos um público honesto e fiel, pela nossa verdade com o movimento, pela mensagem e pela vontade de tocar rock and roll. É um trabalho muito bonito que quem ainda não viu precisa conhecer.

Nei: 4 - Como você vê a cena musical curitibana atualmente?
Michele Mabelle: Uma pergunta muito complexa de responder pois existem vários fatores,  mas resumindo bem, vejo que se existe essa tal cena ela é muito restrita e escondida ao ponto de ser questionada se existe. Na minha humilde opinião, uma cena musical não é feita só de bandas, mas também por veículos de comunicação e oportunidades dadas por casas de shows. Falta união dos músicos (poderia escrever um texto inteiro só sobre isso), falta espaço (mais um texto longo sobre a eterna disputa entre autoral e cover) e oportunidades dos veículos de comunicação local (rádio FM, TV aberta). Essa falta gera também o comodismo do público que está na internet e não sai de casa para ouvir ou pagar por um show.

Nei: 5 - O que você tem feito no momento e quais os planos para o futuro?
Michele Mabelle: Em primeiro lugar estou compondo muito! É difícil imaginar até pra mim mesma que em meio a tanto trabalho e correria ainda tenha inspiração, mas por incrível que pareça estou em uma fase muito criativa de novas composições e poesias (escrevo muita poesia, quem quiser pode dar uma olhada no meu blog onde comecei a registrar recentemente tudo que escrevo).
Neste momento estou finalizando as gravações do meu primeiro EP solo com músicas autorais 100% compostas por mim. Não vejo a hora de mostrar meu maior tesouro a todos que vem acompanhando e prestigiando meu trabalho. Além do meu trabalho solo autoral estou tocando com minha banda Mabelle & Os Contents, que é uma banda de rock que toca composições minhas e versões de rock brasileiro com um  estilo próprio, original e contagiante!


A banda é formada por: Michele Mabelle - vocal, Caio Calderari - guitarra, Anderson Beck - baixo e Rafael Kirsten na bateria. Estou muito feliz em trabalhar com esses músicos pois além de uma amizade incrível, são ótimos profissionais e juntos formamos uma equipe incrível! Estamos com este trabalho a todo vapor, ensaiando, produzindo, criando e com datas de shows marcadas para o ano todo. Fiquei muito feliz e surpresa com a resposta do público com nosso repertório, pois não tocamos o repertório cover de clássicos como a maioria, são músicas Lado B e todas em releituras e versões criadas por nós onde colocamos a nossa identidade.
Também tem o Rock Calcinha, o projeto que citei acima e com ele toco em formato acústico por diversos bares da cidade. O ano de 2017 está sendo incrível...  Eu desejei um ano com novas experiências pois estava sentindo uma necessidade enorme de respirar novos ares, conhecer e conversar com pessoas de cabeça aberta com relação a música e levá - la para outros lugares. Entramos no quinto mês do ano e eu já fiz 4 viagens longas pela música incluindo uma fora do país (Assunção) e SP onde farei alguns shows neste mês.
Vem aí lançamento de música nova, videoclipe, show em teatro e se Deus quiser o lançamento do EP completo que é meu maior e grande objetivo. Muito amor, dedicação, profissionalismo, foco, inspiração e um objetivo de realizar um grande sonho para conseguir administrar e dar conta de tudo isso, confesso que não é fácil!

Nei: 6 -  Michele, fique a vontade para suas últimas considerações, contatos, redes sociais, agenda de shows e o que mais achar necessário.
Michele Mabelle: Agradeço o convite em participar desta entrevista e parabenizo vocês pelos incentivo a música e a arte. Quem quiser acompanhar meu trabalho e tudo isso que vem por aí poderá entrar na minha página www.facebook.com/MicheleMabelleOficial onde eu divulgo mensalmente e semanalmente minha agenda de shows.
Sou uma garota que ama o rock and roll mais do que muita coisa nesta vida, amo a música, vivo a música, vivo de música e respiro a arte. Defendo meu trabalho como uma leoa pois só eu sei o tamanho da minha luta e enfrento diariamente muitos preconceitos no meio, por ser mulher, por ter atitude, por saber o que quero e por fazer acontecer.

Fotos: https://www.facebook.com/pg/MicheleMabelleOficial
Michele Mabelle não é um personagem! Não uso frases feitas e nem copio o jeito de cantar ou me vestir de alguém que já fez a sua história. Não me censuro nas minhas roupas, no meu linguajar e na minha voz! Minha musicalidade é como é, não me preocupo em agradar, me preocupo apenas em dar o meu melhor e fazer com coração. Não tenho papas na língua, não tenho medo do desconhecido, não tenho medo e nem noção do ridículo, não tenho medo de olhar as pessoas nos olhos enquanto canto para elas e assim é na vida! Nem sempre sei o que estou fazendo, na maioria das vezes a música é quem me leva pra onde ela quiser, eu deixo ela comandar! Eu arrisco e petisco e quando acaba o show isso permanece em mim!
O que soa exagerado na vida é a perfeição de como eu consigo me entregar pra a arte! Sou a mesma, antes, durante e depois do show! Faço música por e com amor!

Pra saber mais sobre a cantora, compositora e instrumentista
http://michelemabelleoficial.blogspot.com.br
Facebook: Michele Mabelle

Extraído do blog Lado A Discos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário