quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Tutorial 04 | Como armazenar os vinis

Muitos colecionadores de vinil não se dão conta da importância dos cuidados para preservar limpar os discos antes e depois da audição. Preservar a vida útil dos discos envolve técnicas de armazenamento, organização, proteção, manuseio e limpeza que serão abordados nesses próximos posts.
O primeiro post tratará das formas e cuidados no armazenamento e as condições favoráveis para preservar a vida útil dos vinis.

Armazenamento dos vinis
O vinil deve ficar sempre na vertical em lotes de 10 a 20, na sombra e em local arejado, protegido do calor e da umidade excessiva (Acima de 60% de umidade relativa do ar). Ambientes muito úmidos, com umidade em torno de 80 a 90% ou mesmo a partir de 50% , guardados em armários velhos ou baús por exemplo, podem receber leve infestação de fungos. Além de manter os vinis limpos, é bom sempre limpar o local onde vão ser armazenados.

como-armazenar-estante-tutorial-disco-vinil
Fotos: reprodução
Você pode optar por estantes com nichos maiores que cabem de 40 a 60 vinis.

como-armazenar-estante-tutorial-disco-vinil

Se você não possui uma estante com muitas divisórias, compre suporte de livros para dividir os vinis em lotes de 10 a 20 e distribuir o peso, evitando assim o empenamento. Apesar de os suportes ficarem no meio do vinil, eles dão uma certa estabilidade, acomodando e evitando o desmoronamento.
como-armazenar-estante-tutorial-disco-vinil
Foto: Diego Kloss
Também é importante ter uma estante forte pois um vinil pode não pesar muito, mas 20, 40, 80 e 100 vinis vão danificar uma estante fraca. Por isso, é bom evitar estantes de metal ou de madeira muito fraca, sem os devidos reforços. Acredite, estante de metal entorta com o tempo e estantes de madeira fracas desmoronam.

como-armazenar-estante-tutorial-disco-vinil

Também existem estantes de armazenamento que permitem o manuseio dos vinis pela capa e não pela lombada como os exemplos citados acima. O único ponto negativo desse tipo de armazenamento é que o vinis fica mais suscetíveis a poeira por estarem expostos.


Os vinis também podem ser armazenados em gavetas, porém recomendamos que elas não sejam completamente fechadas, a fim de evitar a proliferação de mofo e fungos.


Embora não seja muito recomendado, é possível armazenar vinis em caixas. Porém, sempre opte por caixas de madeiras ou metal reforçadas e com os cantos em ângulo reto. Algumas caixas possuem os cantos internos arredondados, de forma que o vinil que fica encostado nesse canto irá sofrer um empeno progressivo com o peso dos demais. Por isso, se você for armazenar vinis em caixas, procure aquelas com os cantos internos retos e com capacidade de no máximo uns 40 vinis.


Não utilize caixas fechadas ou caixas plásticas com cantos arredondados. A primeira pode causar a proliferação de mofo e fungos e a segunda o empenamento dos vinis como já explicado anteriormente.


Tem dúvidas de como desempenar os vinis? Acesse nosso tutorial e veja métodos corretos para desempenar vinis com empeno leve.



Lembre-se de nunca empilhar os vinis na horizontal. Com o tempo, essa acomodação faz com o que os vinis que estão na parte de baixo sofram pressão do peso dos vinis que estão em cima e fiquem com uma leve curvatura (empeno leve).
Outro erro grave é armazenar vinis em lugares que bate o sol e também ao lado de churrasqueiras e fornos. Quando o vinil fica sujeito a temperaturas muitos elevadas, ele pode sofre um empeno irregular em regiões ou em toda sua superfície.
Esse tipo de empeno é irreversível e o vinil deve ser descartado. Qualquer tentativa de reverter, seja natural, com prensa e/ou calor, não vai reorganizar o vinil da forma correta e o sulcos vão ficar deformados, prejudicando posteriormente a audição do vinil.

6 comentários:

  1. Fiz um rack com 4 nichos, e coloquei porta de vidro, deixo uma pequena fresta de 1 dedo de cada lado, seria o suficiente? Lavo meus discos e higienizo com lisoform as capas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      E bom sempre manter os vinis ventilando... Se você colocou portas procure deixá-las abertas de vez em quando, principalmente nos dias úmidos afim de evitar mofo e fungos.
      Para as capas nunca usei lysoform, não sei a reação do produto nas capas. Eu utilizo lustra móveis e até nao tive problemas...
      Espero ter ajudado

      Excluir
    2. Então diego, eu tbm limpo elas com lustra móvies, e dai dentro eu borrifo umas 2 ou 3 borrifadinhas de lisoform, mas coloco um pregador dentro pras capas não colarem. MAS TOMO SUPER CUIDADO, pra não borrifar nas capas na parte externa! Assim o lisoforme mata as bacterias q ficam na parte de dentro da paca

      Excluir
    3. Entendi... é uma boa solução...

      Excluir
  2. Muito legal ,vejam essa matéria ué foi ao ar nesse sábado na qual mostro alguns discos de minha coleção https://youtu.be/x9ZqtGvP0BI

    ResponderExcluir