sábado, 9 de março de 2019

Tutorial 05 | Como organizar e catalogar os vinis

Muitos colecionadores de vinil não se dão conta da importância dos cuidados para preservar limpar os discos antes e depois da audição. Preservar a vida útil dos discos envolve técnicas de armazenamento, organização, proteção, manuseio e limpeza que serão abordados nesses próximos posts.
O segundo post tratará de formas de organizar e catalogar sua coleção de vinis.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Fotos: Diego Kloss (acervo pessoal)

Organização dos vinis
A maioria dos colecionadores quando fala em organização, lembra da clássica cena do filme "Alta Fidelidade", do ano 2000, em que o protagonista Rob, dono de uma loja de discos, após mais um frustração amorosa está reorganizando sua coleção de discos.



Nesse ínterim, seu amigo e funcionário Dick vai até o apartamento de Rob e depois de ver a abagunça no apartamento pergunta:
Dick: Vim saber se você quer ir? Mas você está reorganizando seus discos...
Rob: Reorganizando meus discos...
Dick: Que ordem? Cronológica?
Rob: Não...
Dick: Ordem alfabética então?
Rob: Não...
Dick: Como?
Rob: Autobiográfica.
Dick: Não acredito.
Rob: Posso saber como eu fui do Deep Purple pro Howling Wolf em apenas 25 meses.
Dick: Minha nossa.
Rob: Se eu quiser encontrar "Landslide" do Fleetwood Mac eu tenho que me lembrar que comprei para dar de presente no outono de 1983, mas não deu por motivos pessoais.
Dick: Isso soa...
Rob: Reconfortante?
Dick: Exato.
A proposta de arrumar a coleção de forma autobiográfica ou mesmo por data de compra soa bem interessante, mas nesse post vamos dar dicas de como organizar sua coleção de maneira mais prática. Lembro que os métodos são apenas sugestões, assim a escolha por esses segue por sua responsabilidade.
Dependendo do tamanho da sua coleção é interessante separar lotes de discos por gêneros musicais. Após essa separação compre etiquetas translúcidas de marca texto e coloque no primeiro disco do gênero.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Separação por gênero musical. Foto: Diego Kloss
Também é possível mandar fazer placas de madeira com os gêneros e letras como as sugeridas e vendidas no site design-milk.com.

Foto: design-milk.com
Voltando aos gêneros, esses são os mais comuns: Rock, Metal, Blues, Jazz, Música Erudita, MBP, Samba, Sertanejo, Disco, Soul, trilhas sonoras, entre outros. Se a quantidade de vinis for maior é possível ainda dividir em subgêneros, por exemplo, Pop Rock, Soft Rock, Southern Rock, Rockabilly, Punk Rock, entre outros. Agora se a quantidade de discos for menor, é possível tambem juntar dois gêneros como Samba/Chorinho, Disco/Soul, Blues/Jazz, entre outros.
Quando você possuir vários discos de um mesmo artista, também é interessante separá-lo do gênero, deixando toda a discografia organizada por ano. Foi o que eu fiz com os álbuns do Roberto Carlos.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Coleção separada do Roberto Carlos. Foto: Diego Kloss
Depois de organizar os vinis por gênero, é feito o segundo nível de organização: separacao por ordem alfabética. Dentro da ordem alfabética não entram expressões como "The" que são utilizadas para algumas bandas como "The Beatles" "The Rolling Stones", sempre nos baseamos pelo nome principal da banda.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Organização por ordem alfabética. Foto: Diego Kloss
Dentro da categoria de gênero musical "Rock", separei os vinis em ordem alfabética, mas não fiz separação entre bandas e cantores, isto é, Eric Clapton e Elvis estão junto com Eagles e Europe. Porém, alguns colecionadores ainda gostam de separar pela por banda e cantor(a) solo, sendo esse o terceiro nível de organização.
Dentro da minha coleção ainda possuo vinis nacionais e importados. Alguns álbuns importados mesmo que de um gênero específico, se encontram separados dos demais, na categoria de vinis importados, para ser mais fácil localizá-los.
Entramos então na quarta subdivisão possível: o ano de lançamento do álbum.
Antes de organizar o discos por ordem de lançamento, eu ainda separo os álbuns das bandas maiores por álbuns de estúdio,  álbuns ao vivo, coletâneas, singles e bootlegs.
Os álbuns do Iron Maiden, por exemplo, resolvi separar entre nacionais e importados, sendo que o nacionais vão de Iron Maiden (1980) a Fear of the Dark (1992) e os importados estão logo acima e vão desde The X Factor (1995) a The Book of Souls (2015). Mas é possível sim colocar todos juntos seguindo o ano de lançamento.
Cada álbum da banda ganha uma etiqueta com um número, indo de 1 até quantidade álbuns da banda. O Iron Maiden possui 16 álbuns de estúdio, então a numeração vai de 1 a 16, conforme o ano de lançamento.

Numeração dos álbuns do Iron Maiden. Foto: Diego Kloss
É possível também colocar nessa etiqueta o ano de lançamento do álbum, como fiz com os discos do Nelson Gonçalves.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis

Agora vamos dizer que você ainda não tem um determinado álbum da banda, a numeração deve ser pulada. Do Great White tenho os discos: 1 - Great White (1984), 2 - Shot in the Dark (1986), 3 - ...Twice Shy (1989) e 5 - Hooked (1991), mas não tenho o 4 - Once Bitten... (1987), por isso pulo o número "4". Dessa forma, sei qual álbum está faltando na discografia.


Ainda dentro das bandas, os álbuns ao vivo ficam depois dos álbuns de estúdio, mas ganham a numeração própria junto com a letra "A". Por exemplo: o Iron Maiden tem vários álbuns ao vivo: 1A - Live After Death (1985), 2A - A Real Live One (1993), 3A - A Real Dead One (1993), - 4A Live at Donington (1993), 5A - Rock in Rio (2002) e assim por diante, até o último que eu tenho que é o 11A - Maiden England (2013).


O mesmo acontece com as coletâneas que ganham a letra "C" após o número: 1C - Best of the Beast (1996), 2C - Ed Hunter (1999) até 6C Somewhere Back in Time The Best of: 1980-1989 (2006) e 7C - From Fear to Eternity The Best of 1990-2010 (2011).
Para singles podemos usar a letra "S" e para bootlegs a letra "B" logo após a numeração.


Seguem mais alguns exemplos da numeração de álbuns de estúdio.

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Numeração da discografia do Rammstein. Foto: Diego Kloss

tutorial-organizar-catalogar-discos-vinis
Numeração da discografia do Jack Johnson. Foto: Diego Kloss
Além da separação por ordem alfabética, alguns colecionadores também separam a discografia de uma banda por país de origem: África, Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, França, Jamaica, Peru, entre outros.

Categorização por país de origem. Foto: Alexandre Dias (acervo pessoal)

Outro tipo de categorização é por gravadora, separar os discos da Atlantic, Arista, A&M, Columbia, Epic, EMI, Geffen,  Universal, Warner, entre outras. Entretanto, eu não aplico muito essa divisão pois não acho muito prático.
Para finalizar, é bom ressaltar que para organização dos vinis não segue um método único e correto. Na verdade, acredito que seja algo bem subjetivo e depende também de como o colecionador faz a suas audições. Muitas vezes os discos mais ouvidos devem ficar num local de mais fácil acesso. No meu caso, coloco os discos de rock/metal, importados e trilhas sonoras de filmes na prateleiras mas baixas e o restante nas mais altas.
Após a audição e deixo os álbuns que eu ouvi ao lado do toca-discos, no prazo de mais ou menos uma semana eu começo a guardá-los nos devidos lugares. Há quem ouça e guarde, mas prefiro fazer isso de uma vez só.



Catalogação dos vinis
Para catalogar discos de vinil também existem diversos métodos, alguns colecionadores tem uma conta em sites ou plataformas como o www.discogs.com ou mesmo a www.luvnyl.com (acesse a matéria sobre a plataforma) e fazem sua coleção particular com os álbuns. Outros, assim como eu, preferem fazer a velha planilha no Excel catalogando o álbum por: "Código" (código próprio que criei para encontrar os vinis), "Nome da Banda ou Cantor", "Nome do álbum", "Quantidade de LPs", "Gravadora", "Ano de lançamento", "Data de aquisição do álbum" e "Valor pago no disco". A planilha é tranquila de fazer, cada um pode fazer da forma que melhor lhe agrada sem maiores dificuldades. Basta adicionar os novos álbuns e depois pedir para o programa organizar por ordem alfabética.

Não esqueça de ler post anterior da série sobre como armazenar os vinis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário